+

3

Título: +

Ano de Lançamento: 2011

Gêneros: Pop Folk, Pop Rock, Alternative Rock

1. The A Team: “The A Team” é uma música sensível e triste, com uma ótima performance vocal de Sheeran, e uma letra profunda e que causa reflexão. Nota: 5/5

2. Drunk: “Drunk” é uma faixa com abordagem bem acessível e o simples tema de beber para esquecer os problemas. Ed Sheeran sabe das coisas. Nota: 4/5

3. U.N.I.: a primeira faixa dele sobre relacionamentos e também a primeira música cantada rapidamente em sua até agora curta discografia, “U.N.I.” tem influências de Rap e Folk misturadas para um resultado inovador e comercialmente acessível. Nota: 3/5

4. Grade 8: uma faixa com batidas cativantes e uma boa performance vocal por Sheeran chama a atenção pelo apelo Pop e a sua habilidade pra escrever refrões grudentos. Nota: 3.5/5

5. Wake Me Up: menos carismática que as faixas anteriores, “Wake Me Up” é uma faixa mediana cantada praticamente de forma falada. Não se destaca no disco. Nota: 2.5/5

6. Small Bump: “Small Bump” é uma faixa morna, com letra simples demais e uma melodia meio batida. Nota: 3/5

7. This: “This” é uma faixa fraca, com letra pouco inspirada e melodicamente pobre. Nota: 2/5

8. The City: é uma faixa com instrumental pobre, beatbox mal feito e letra desinteressante. Uma das piores faixas do disco. Nota: 1.5/5

9. Lego House: uma faixa carismática com versos inspirados e bem cantados além de um refrão marcante e um instrumental decente. Nota: 4/5

10. You Need Me, I Don’t Need You: um dos pontos altos do disco, é uma faixa muito bem escrita e construída que fala sobre independência em um relacionamento. A letra é divertida e o refrão é muito grudento. Nota: 4.5/5

11. Kiss Me: “Kiss Me” é uma música com letra superficial e melodia pouco cativante e sem criatividade. É a provável pior faixa do trabalho. Nota: 1/5

12. Give Me Love: uma faixa emocional e bela de quase 9 minutos, cantada de forma cochichada e com bastante ênfase no agradável riff de violão. Ela também carrega consigo o melhor refrão do disco. Nota: 4.5/5

13. Autumn Leaves: outra faixa muito fraca, “Autumn Leaves” exagera na delicadeza e parece uma música feita pela metade. Nota: 1.5/5

14. Little Bird: mais uma faixa carismática, com versos bonitos e um excelente refrão. Nota: 3.5/5

15. Gold Rush: uma faixa com influências reggae sem muita inspiração e criatividade, com versos sem graça e um refrão muito ruim. Nota: 1/5

16. Sunburn: a principal balada do disco, tem uma letra poderosa e soa muito bem, com refrão belo e instrumental íntimo. Nota: 3/5

Conclusão: Ed Sheeran teve uma estreia que varia entre o estupendo e o terrível com muita facilidade, e essa instabilidade afasta o disco de uma nota alta.

Destaques: “The A Team”, “Drunk”, “Lego House”, “You Need Me, I Don’t Need You” e “Give Me Love”.

Anúncios