a1685846050_10

4

Título: Chaos Before the End

Ano de Lançamento: 2015

Gêneros: Power Metal, Thrash Metal, Heavy Metal

1. Intro/Religious Falsehood: com uma entrada dedilhada e com sons de fundo, a banda brasileira Vetor começo o disco com uma faixa morna. O refrão é cativante, o instrumental é bem feito mas os versos são fracos e a letra é meio desagradável até pra quem não tem crença nenhuma. Mesmo assim, uma música muito boa. Nota: 3.5/5

2. Strike Command: com um ótimo instrumental muito intenso, a segunda música do trabalho da banda tem ótima letra, excelentes versos, um refrão decente e boas melodias. Nota: 3.5/5

3. Chaos Before the End: a faixa título é uma música de Thrash Metal com instrumental muito competente e técnico, ótima letra, excelente performance vocal, que lembra em vários momentos a voz de Matt Barlow (ex-Iced Earth), versos bem construídos e refrão marcante. Nota: 4/5

4. My Torment: uma faixa que remete muito a sonoridade da banda Iced Earth em sua obra prima Horror Show (2002) é uma faixa de Power Metal muito bem feita, com ótima letra, bom senso melódico nos versos e um excelente refrão além do melhor instrumental do disco até o momento (resenha ao vivo). Nota: 4/5

5. New Limits Within Procreation: mais uma faixa acessível de Power Metal, tem muita velocidade e peso, com excelentes riffs cadenciados, vocal que varia entre vocal operático agressivo e gutural e infelizmente o pior refrão de todo o disco. Nota: 3/5

6. In the Sound of Wind: outra faixa muito agressiva, com instrumental poderoso, bons versos, letra legal, ótima performance vocal e um cativante refrão. A faixa em vários momentos lembra o trabalho atual da banda Faith No More, exceto pelo instrumental. Nota: 4/5

7. Vetor: a música que da nome a banda, é veloz, poderosa, com uma ótima performance vocal, excelente letra, versos vigorosos e um ótimo refrão. Nota: 4.5/5

8. Endangered Species: uma faixa extremamente pesada com versos agressivos, letra muito bem escrita, ótima performance vocal novamente remetendo a Barlow, instrumental impecável e um refrão marcante. Nota: 4/5

Conclusão: a nova banda brasileira Vetor capricha em seu debut, cheio de momentos inspirados, ótimas letras, instrumentais caprichados, excelentes performances vocais e demonstrações de puro poder. Quem quiser ouvir o álbum pode ir a pagina do bandcamp da banda. Clique aqui.

Destaques: “Chaos Before the End”, “My Torment”, “In the Sound of Wind”, “Vetor” e “Endangered Species”.

Anúncios