4547366054378

4

Título: Taken By Force

Ano de Lançamento: 1977

Gêneros: Heavy Metal, Hard Rock

1. Steamrock Fever: já começando o disco com um excelente riff de Heavy Metal e vocais com múltiplas camadas o Scorpions da as caras com um de seus melhores discos com uma música audaciosa, com excelentes versos e um ótimo refrão. Nota: 4/5

2. We’ll Burn the Sky: com uma excelente entrada, Klaus Meine canta de forma amorosa e intima lindos versos que abrem espaço pra um vigoroso Hard Rock com excelente riff, estupenda bateria e uma performance vocal digna de um mestre, com muito poder e animação, além de um refrão gritado e carismático. É facilmente uma das melhores faixas do disco e muitos acham que a quebra rítmica estragou a música. Pra esses o meu foda-se. Nota: 5/5

3. I’ve Got to Be Free: uma gritada faixa de Heavy Metal com excelentes versos e um refrão cativante, é uma música fácil de gostar por ser simples, direta e eficaz. Um dos destaques absolutos do disco. Nota: 4.5/5

4. The Riot of Your Time: começando com um excelente riff de violão acompanhado da ousada guitarra de Ulrich Roth, é uma música com belos versos e refrão incrível com muito carisma e poder da parte de Klaus Meine. Nota: 5/5

5. The Sails of Charon: com os melhores riffs do disco a também melhor música de todo o trabalho mostra a incrível habilidade do guitarrista hoje conhecido como Uli Jon Roth que abusa de seu virtuosismo na abertura dessa música. Fora a esplendida performance vocal de Klaus Meine, os versos incríveis, a ótima letra e o refrão composto por gritos fortes e inesquecíveis. Nota: 5/5

6. Your Light: com um ótimo riff, versos cantados com muita afinação e um refrão razoável, “Your Light” é uma música no mínimo confuso por variar tanto de qualidade em seu decorrer, por isso, merece uma nota um pouco mais baixa. Nota: 3.5/5

7. He’s A Woman, She’s A Man: a música mais popular do disco por ter sido escolhida como single é uma hilária música que conta a história de quando Klaus Meine confundiu uma transexual com uma mulher por nascença. Tem ótimos riffs, versos carismáticos e um refrão muito cativante e é sem dúvidas um dos destaques do disco. Nota: 4.5/5

8. Born to Touch Your Feelings: uma bela balada com excelente performance vocal de Klaus Meine, lindas de violão e uma boa letra, é uma música crescente e que cabe no gênero Neo-Clássico que viria a surgir no futuro. Nota: 4/5

Conclusão: em um de seus discos mais elaborados o Scorpions bota pra foder com o clássico da história do Metal Taken By Force que carrega consigo fortes performances, refrões carismáticos, excelentes performances vocais e belas melodias.

Destaques: “We’ll Burn the Sky”, “I’ve Got to Be Free”, “The Riot of Your Time”, “The Sails of Charon” e “He’s a Woman, She’s a Man”.

Anúncios