A banda americana que faz uma inusitada mistura de Prog. Metal e Groove Metal Strawberry Girls está apenas começando sua carreira, mas já conseguiu trazer ótimos resultados em seu primeiro disco, o French Ghetto (2011), agora, em 2015, eles lançaram seu segundo disco aguardado por muitos, e será que dessa vez eles decepcionaram?

cover.jpg

4

Não, não foi dessa vez que o trio decepcionou, eles lançaram um disco quase completamente de música instrumental habilidosa e cheia de nuances de vários estilos do Metal que ficam óbvias no decorrer das faixas.

Sejam elas com propostas simplistas como “American Grafitti”, “Egypt”, “Simon Vandetta”, “Harby”, “Antiquation” e “South American Eclipse” ou nas épicas faixas cantadas “Gospel”, “Buddha”, “Volcano Worship” e “Overrated” a banda triunfa com seu som bem feito e criativo.

O real destaque do disco está nos instrumentais mais intensos e complexos representados aqui pelas faixas “Violent Night”, “Spanish Bay” e “Betelgeuse”, onde a banda mostra grande força em criar melodias belas e de forte impacto com muita técnica e virtuosismo, pra encher os ouvidos de música da mais alta qualidade.

Concluindo, é um disco diverso e cheio de quebras rítmicas marcantes que deve ser ouvido por todos os fãs de Prog. Metal que procuram algo diferente do óbvio e aqui podem encontrar as mais polarizadoras caracterizações de Metal do ano.

Destaques: “Violent Night”, “Spanish Bay”, “Gospel”, “Buddha” e “Volcano Worship”.

Anúncios