Os últimos anos tem sido muito gratos à Chris Pratt que está constantemente envolvido em grandes produções, e em 2015 não foi diferente. O astro de Guardiões da Galáxia protagonizou o quarto e provável último capítulo da saga Jurassic Park, chamado Jurassic World.

jurassic5

3

Título: Jurassic World (Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros)

Ano de Lançamento: 2015

Gêneros: Ação, Aventura

Jurassic World conta a história de Owen, um treinador de velociraptors, Claire, uma chefe do parque temático Jurassic World e os irmãos Grey e Zach que estão em uma viagem de férias para se divertir no parque. Tudo parece muito bem até que um protótipo de dinossauro criado em laboratório extremamente inteligente e com habilidades pra se esconder escapa de seu reservatório e começa a caçada a humanos e outros dinossauros, colocando os irmãos em grande perigo.

O destaque do filme é em absoluto seus efeitos especiais, que são os mais incríveis de toda a série e trazem certa nostalgia a quem gostou dos primeiros, a versão em 3D do filme não faz grande uso de efeitos “pop-in” mas capricha no senso de profundidade, tornando o clima todo do filme muito mais imersivo. A atuação de Chris Pratt surpreende e mostra versatilidade e o filme agrada, apesar de alguns sérios pecados.

É um pouco ridículo ver velociraptors sendo treinados a agir movidos a comandos e apesar do filme dar ênfase na questão de que eles mantém seus instintos ferozes e animais, vendo no filme isso não convence muito. É notável o esforço deles pra causar a melhor impressão possível em uma tão inesperada continuação da saga, e acho que o resultado final realmente chega a esse objetivo, a censura inclusive é absurda, 12 anos para um filme que abusa de palavrões regularmente ofensivos e muita violência, e nisso ele agrada muito e lembra bastante os primeiros filmes, mas ele tem uma abordagem, como eu diria… sintética, entende? Não trás o mesmo realismo dos 3 primeiros longas. Defeitos a parte são duas horas muito bem gastas e que divertem, recomendado.

Melhor Cena: a morte de Indominus Rex.

Anúncios