Após a morte de Bon Scott os membros restantes do AC/DC saíram a procura de um novo vocalista para a banda e mal eles sabiam que o agora lendário Brian Johnson iria levar a banda e um status imaculado e sem precedentes no disco que viria a ser o mais vendido da história do Hard Rock.

acdc-capa-album-back-in-black-1980.jpg

5

Título: Back in Black

Ano de Lançamento: 1980

Gênero: Hard Rock

Começando com sinos tocando, a marcante entrada da espetacular faixa “Hells Bells” abre o disco com vigor, em uma faixa sobre poder que esbanja aquilo que é sua temática em 5 minutos do mais puro Hard Rock com uma intensa performance vocal de Johnson em uma das músicas mais populares da carreira da banda. “Shoot to Thrill” da continuidade ao disco com uma música pra cima, cheia de momentos memoráveis, com uma excelente letra e mais uma notória performance vocal de Brian Johnson, em uma das músicas mais agudas do disco. “What Do You Do For Money Honey” apesar de menos marcante que as duas primeiras músicas do álbum tem seu brilho com uma letra divertida e uma proposta simples de Hard Rock que cumpre o seu trabalho. “Given the Dog a Bone” é uma infame música de Hard Rock com letra ambiciosa, uma excelente performance vocal e um memorável refrão fazendo dela uma das faixas mais interessantes de todo o trabalho. “Let Me Put My Love Into You” é uma faixa sacana, com um bom andamento, instrumental caprichado apesar de simplista e uma forte performance vocal de Johnson culminando em um dos refrões mais inesquecíveis de toda a carreira do AC/DC.

“Back in Black” é a mais famosa música de toda a carreira da banda, contando com um instrumental viciante, uma ótima letra e mais uma performance marcante de Brian Johnson, com o tempo se tornando notória a ponto de ser considerada a mais popular música do Hard Rock. O single “You Shook Me All Night Long” é a melhor faixa do disco, com uma letra muito divertida, um riff memorável, versos cativantes e um ainda mais carismático refrão que é reconhecido facilmente até por quem não gosta de Rock. “Have a Drink On Me” é uma música blueseira com uma proposta de fácil assimilação em versos caprichados e que exacerbam as habilidades vocais de Brian Johnson contando também com um forte refrão. “Shake a Leg” é uma das músicas mais menosprezadas da carreira da banda, enquanto na realidade é uma powerhouse de Hard Rock com ótima letra, versos marcantes e um vicioso e agitadíssimo refrão. Fechando o disco temos a blueseira “Rock ‘n’ Roll Ain’t Noise Polution”, com uma letra interessante, uma boa levada e um refrão bem característico da sonoridade da banda, sem correr riscos, impedindo ela de ser um possível destaque no trabalho.

Destaques: “Shoot to Thrill”, “Back in Black” e “You Shook Me All Night Long”.

Anúncios