Em seu trabalho com mais hits até hoje, Kanye West botou na mesa um egocentrismo impar em uma batalha contra 50 Cent para ver quem vendia mais em 2007, e Yeezy se saiu bem nessa. Essa questão a parte, o disco tem muito vigor, diversão e excelentes rimas, sendo um de seus 3 melhores trabalhos até hoje.

graduation__kanye_west_by_areica

4

Título: Graduation

Ano de Lançamento: 2007

Gêneros: Rap, Hip Hop

“Good Morning” abre o disco com uma excelente batida em uma música animada com excelentes rimas, uma sonoridade visceral e muito carisma. “Champion” é outra arrasa quarteirões, com um excelente sample durante toda a faixa e boas batidas acompanhadas de um rapping de bom gosto. O hit “Stronger” é provavelmente a música mais popular de Kanye West até hoje e merece esse status. É uma música divertida com um toque eletrônico incrível e um refrão marcante. “I Wonder” é uma música delicada e calma, com uma ótima letra, uma boa batida e uma performance vocal bem feita de West. Mais samples são adicionados ao refrão e a faixa de forma geral agrada. “Good Life” é uma música sobre viver bem que passa uma boa mensagem com uma boa participação T-Pain, ótimas rimas feitas em cima de uma ótima letra.

“Can’t Tell Me Nothing” foi outro hit do disco, com West rimando com excelência e um refrão carismático em uma divertida performance. “Barry Bonds” é uma das músicas mais odiadas da discografia do Kanye West injustamente, por ter uma letra relativamente boa e uma decente participação vocal de Lil’ Wayne. “Drunk and Hot Girls” é a música mais superficial do disco e não merece destaque por apresentar uma sonoridade clichê e uma letra meio machista sem rimas que chamam a atenção, sendo uma das músicas que menos gosto de toda a discografia de Yeezy. “Flashing Lights” é uma excelente música de Rap com participação vocal de Dwele, excelente sonoridade e um ótimo refrão, com várias quebras rítmicas que variam entre sessões orquestradas e sessões eletrônicas.

“Everything I Am” é uma faixa emocional com ótimas rimas e uma classuda abordagem, chamando a atenção por sua letra caprichada e inspiradora. “The Glory” tem um excelente sample e uma espetacular construção, com excelente letra e muita diversão em uma faixa descompromissada e feita com muito bom gosto. “Homecoming” é a melhor música do álbum, com participação de Chris Martin (Coldplay), tem uma das melhores letras da carreira de West e uma jovial sonoridade graças aos doces vocais de Martin no refrão. “Big Brother” fecha o disco em grande estilo com uma boa mistura de guitarra e sintetizadores acompanhados de uma letra inspirada, deixando um gostinho de quero mais.

Destaques: “Good Morning”, “Champion” e “Homecoming”.

Anúncios