Em seu segundo e energético disco o Guns N’ Roses dispôs de uma grande produção em músicas divertidas, alguns covers e uma versão acústica de uma música encontrada em Apettite for Destruction (1987).

G N' R Lies

3

“Reckless Life” é um cativante cover de Hollywood Rose cantando ao vivo com expertise por Axl Rose, acompanhado de um excelente instrumental e uma excelente nota alta sustentada em seu fim. “Nice Boys” é uma música de Rose Tattoo, com vocais agudos da parte de Axl Rose, versos muito pra cima e uma absolutamente alta quantidade de carisma no refrão. “Move to the City” é uma música autoral gravada ao vivo com ótimos riffs, uma boa performance de Axl e uma letra razoável que não impressiona. “Mama Kin” é um cover da grande inspiração da banda, o Aerosmith. O cover faz jus à música original e os vocais de Axl conseguem se encaixar bem na melodia.

“Patience” é uma das mais populares músicas da banda, começando com seus característicos assobios que a fizeram notória por uma década inteira, com uma letra emocional e uma das melhores performances vocais de Axl Rose em toda a sua carreira, com uma ótima quebra rítmica ao meio que torna a balada mais intensa. “Used to Love Her” é mais um acústico, como toda a segunda metade do disco, com uma letra de mal gosto, versos repetitivos e um refrão curto demais para chamar atenção. “You’re Crazy” é uma versão mais malandra e que mistura o acústico e o elétrico em uma excelente e superior versão de uma música do debut da música, com diversão garantida do início ao fim. Terminando o trabalho temos a sua melhor faixa, a polêmica “One in a Million”, com mais assobios característicos e mais uma mistura entre acústico e elétrico, com uma excelente letra e um instrumental espetacular, além do lendário refrão que representa todo o disco. Um em um milhão.

Destaques: “Patience”, “You’re Crazy” e “One in a Million”.

Anúncios