A estreante banda de Death Metal Dying Suffocation lançou seu primeiro EP chamado When I Die, com músicas longas e muito peso.

IMG-20150620-WA0009.jpg

3

Gênero: Death Metal, Doom Metal

“The Angels” abre o disco com uma excelente linha de baixo que logo ganha a companhia de um pesado riff que beira o Doom Metal. Após alguns minutos entrada uma visceral performance vocal que casa perfeitamente com o clima soturno da faixa, surpreendendo os mais desavisados com um vocal que varia entre o gritado e o gutural, vociferando uma letra de excelente qualidade. “When I Die” é Doom Metal puro da mais alta qualidade, com riffs pesados e carregados, ganhando vocais após pouco mais de um minuto, com uma performance vocal sombria e de forte impacto que agrada fácil a fãs de Doom Metal, mas existe aquele problema de sempre, de raramente conseguirmos entender o que o vocalista fala.

“In Search of Salvation” é uma música cadenciada e muito distorcida, lembrando Black Sabbath no seu último disco, mas com os já característicos vocais raivosos e impactantes e uma letra agora compreensível e que em temática lembra muito a proposta de Soulfly. “Rivers of Blood” é a música mais emblemática do trabalho, indecisa se é Death Metal ou Doom Metal, com uma entrada embasada na misteriosidade, seguida da entrada de um forte riff que abala as estruturas com seu imenso peso e é acompanhado de vocais bem nítidos que falam sobre brutalidade e violência em uma sonoridade carregada e uma quebra rítmica excelente que marca a música como o melhor trabalho de todo o disco.

Destaques: “The Angels” e “Rivers of Blood”.

Anúncios