Sinopse: Dois anos após o terrível acidente, Julie (Jennifer Love Hewitt) retorna para o colégio mas continua tendo terríveis pesadelos. Ela tenta encontrar apoio em Will (Matthew Settle), um novo amigo. Karla (Brandy), a melhor amiga de Julie, tenta fazer com que Julie e Will comecem a namorar, e quando Karla ganha uma viagem às Bahamas para quatro pessoas, ela acha o momento ideal para fazer com que eles fiquem juntos. Porém, Julie ainda pensa muito em Ray (Freddie Prinze Jr.), um antigo namorado, e assim Karla viaja com Tyrell (Mekhi Phifer), seu namorado, e Julie e Will vão apenas como amigos. Mas quando parece que tudo está calmo, Ray descobre que Ben Willis (Muse Watson), o assassino que usa capa de pescador, está vivo e já matou um amigo de seus amigos. Ray tenta avisar Julie, mas não consegue. Deste modo, ele tenta de qualquer jeito chegar na ilha onde Julie foi com seus amigos. Ela, por sua vez, tem certeza de que algo está acontecendo, mas como uma tempestade se formou ninguém pode deixar o lugar. No entanto, várias mortes acontecem, não restando mais dúvidas de que o pescador está na ilha e pretende matar Julie.

I-Still-Know-What-You-Did-Last-Summer-1998-In-Hindi

2

Título: Eu Ainda Sei o que Vocês Fizeram no Verão Passado

Ano de Lançamento: 1998

Gêneros: Horror, Suspense

Sem trazer muita originalidade para a mesa mas com gore bem mais brutal e intenso que o seu antecessor, Eu Ainda Sei o que Vocês Fizeram no Verão Passado não é o tipo de sequência que é obrigatória apesar de dar sequência ao primeiro filme com os mesmos dois protagonistas. O filme ficou mais violento e isso é uma boa coisa, pois faltou um pouco no primeiro filme e aqui as cenas são mais realistas mas o Suspense não da muita liga e nem convence com nomes óbvios quando se trata de quem está matando as pessoas, dando até dicas durante todo o filme, além de uma performance inferior de Jennifer Love Hewitt, que de fato, nunca foi uma grande atriz por sinal. Apesar de um ritmo mais frenético que o original os mesmos erros continuam e clichês sobram tornando essa uma sequência dispensável e que não precisava ter existido.

Melhor Cena: a morte de Tyrell.

Anúncios