Sinopse: Lester Burham (Kevin Spacey) não aguenta mais o emprego e se sente impotente perante sua vida. Casado com Carolyn (Annette Bening) e pai da “aborrecente” Jane (Tora Birch), o melhor momento de seu dia quando se masturba no chuveiro. Até que conhece Angela Hayes (Mena Suvari), amiga de Jane. Encantado com sua beleza e disposto a dar a volta por cima, Lester pede demissão e começa a reconstruir sua vida, com a ajuda de seu vizinho Ricky (Wes Bentley).

MPW-32838

5

Título: Beleza Americana (American Beauty)

Direção: Sam Mendes

Ano de Lançamento: 1999

Gênero: Drama

Beleza Americana é um filmaço de drama com uma das histórias mais interessantes e complexas da década de 90, com um elenco incrível e uma das melhores performances de um ator ganhador de Oscar até hoje da parte de Kevin Spacey, sendo um filme essencial para todo adulto e que lida com assuntos polêmicos e muita discórdia para o desenvolvimento de seu fenomenal roteiro, que muda completamente a vida de todos os envolvidos. O personagem do Spacey é carismático ao máximo, e até conversa com a câmera as vezes, nos guiando por sua profunda história de amor e confusão onde a tragédia prevalece. Tudo em sua vida muda quando ele se torna obcecado pela melhor amiga de sua filha e o filme é intrincado em Suspense e Drama, trazendo um resultado final primoroso com a perfeita direção de Sam Mendes. Não é um filme para todos, pois seu roteiro é bem pesado, mas todos que quiserem encarar essas duas horas de tramas excepcionais vai sair bem satisfeito ao ponto do fim da sessão. A fotografia é linda, as imaginações de Lester tem uma beleza profana, a direção de arte acertou em cheio, a edição de som é impecável e a filmagem hábil e dinâmica, entregando um filme, que beira a perfeição e é em questões técnicas perfeitos, as telonas (ou telinhas) de todo mundo que tem bom gosto e não se deixa afetar fácil. A jornada em busca por auto-conhecimento de Lester é surpreendente e apaixonante, mas o leva a caminhos perigosos e ele terá que arcar com todas as consequências que suas atitudes e decisões o levam. Mais do que recomendado, é Escolha do Editor.

Melhor Cena: a reviravolta do marinheiro americano.

Anúncios