No Prayer for the Dying.jpg

2

Título: No Prayer for the Dying

Ano de Lançamento: 1990

Gêneros: Heavy Metal, Hard Rock

Tracklist:

  1. Tailgunner
  2. Holy Smoke
  3. No Prayer for the Dying
  4. Public Enema Number One
  5. Fates Warning
  6. The Assassin
  7. Run Silent Run Deep
  8. Hooks In You
  9. Bring Your Daughter… to the Slaughter
  10. Mother Russia

Em seu pior álbum, o Iron Maiden faz muito feio ao tentar voltar ao clima dos dois primeiros discos, errando feio, com várias músicas intragáveis, como a progressiva porém superficial e ridícula “The Assassin”, a fraquíssima faixa de Hard Rock “Public Enema Number One”, a vintage porém com péssima letra “Run Silent Run Deep” e a esquisita e mal construída “Mother Russia”. O disco tem alguns bons clássicos como “Tailgunner”, “Holy Smoke” e “Bring Your Daughter… to the Slaughter” mas eles também não se destacam. As músicas que mais chamam a atenção no disco são as que se aventuram menos, as mais simples. Nele, menos é mais. “Hooks in You” na minha opinião é a melhor faixa do trabalho, sendo um Hard Rock gritado e muito pesado, com um dos melhores gritos da carreira de Bruce Dickinson, a minha eternamente amada faixa título, que está entre o que há de melhor que a banda fez nos anos 90 e por fim mas não menos importante “Fates Warning”, que apresenta certa progressividade e tem um refrão impactante, mas no balanço geral o trabalho continua fraco, e desagrada como nenhum outro da banda, com A Matter of Life and Death (2006) correndo por fora como o pior trabalho do Iron Maiden.

Destaques: “No Prayer for the Dying”, “Fates Warning” e “Hooks in You”.

Anúncios