Havoc.jpg

4

Título: Havoc

Características: Complexo, Vigoroso, Acessível, Emocional, Denso

Ano de Lançamento: 2016

Gênero: Metal Progressivo, Rock Progressivo

Tracklist:

  1. The Weight
  2. Highest Bitter
  3. Havoc
  4. Pages
  5. Flames
  6. Loved Ones
  7. After the Fire
  8. Remember
  9. Chivalry

Os noruegueses do Circus Maximus na atualidade vem fazendo um Metal Progressivo vigoroso e complexo que vem agradando as multidões de fãs do estilo, com uma sonoridade acessível e cativante que é a especialidade deles. “Highest Bitter” é uma poderosa faixa lenta com excelente vocal e riff base simples mas interessante e um refrão forte. “Pages” por sua vez, é uma música emocional, com expertise instrumental e versos bem construídos, além de um refrão bem feito. “Flames” é uma música relativamente amena e técnica, com belas linhas vocais e nítida inspiração no trabalho do Dream Theater, especialmente em seu lindo refrão.”After the Fire” é uma música experimental que lembra muito o trabalho atual do Depeche Mode, o que é uma grande honra para o Circus Maximus, já que a banda de música eletrônica está em um de seus melhores momentos de sua longínqua carreira. Ela é a faixa mais longa do disco e tem conteúdo de qualidade suficiente para preencher todo esse espaço, sendo a melhor música de todo o trabalho, com um dos refrões mais complexos já feitos pela banda. O trabalho fecha com a atmosférica “Chivalry”, que apresenta uma bela sonoridade e muita emoção em seu decorrer, com a melhor performance vocal do disco. O Circus Maximus acerta de novo com Havok e esse álbum tende a ser um dos mais densos e acessíveis trabalhos que a banda já fez, superando de longe os último lançamentos da banda após um jejum de 4 anos.

Destaques: “Highest Bitter”, “Flames” e “After the Fire”.

Anúncios