You and I.jpg

4

Título: You and I

Características: Virtuoso, Bem Cantado, Técnico, Suave, Delirante, Inspirado, Criativo

Ano de Lançamento: 2016

Gênero: Folk

Tracklist:

  1. Just Like a Woman
  2. Everyday People
  3. Don’t Let The Sun Catch You Cryin’
  4. Grace
  5. Calling You
  6. Dream of You and I
  7. The Boy With The Thorn In His Side
  8. Poor Boy Long Way From Home
  9. Night Flight
  10. I Know It’s Over

Em mais uma compilação póstuma, gravada em meados de 1993, Jeff Buckley gravou covers de algumas de suas músicas favoritas e o disco conta com apenas duas faixas autorais. O disco, como é de se esperar, é excelente, e contém os já usuais perfeitos vocais de Buckley, garantindo 53 minutos de Folk da melhor qualidade. “Just Like a Woman” é um cover incrível de Bob Dylan, infinitamente vezes melhor, com vocal esplendido e instrumental impecável. “Everyday People” é uma versão completamente repaginada do clássico de Sly and the Family Stone, muito bem cantada. “Don’t Let The Sun Catch You Cryin'” é uma faixa leve e intimista, muito agradável aos ouvidos. Um Rock tradicional classudo originalmente executado por Louis Jordan and His Tympany Five, com uma letra magistral e um solo incrível. “Grace” é uma música do primeiro e único disco de estúdio de inéditas de Buckley, de mesmo nome e lançado em 1994. Uma faixa técnica de beleza impressionante e com uma das performances mais emblemáticas dos anos 90. “Calling You” de Jevetta Steele ganha uma versão emocional e cantada de forma surpreendente, com belos falsetes em seu refrão. “Dream Of You And I” é uma faixa inédita, que da nome ao disco, vinda de um sonho de Jeff Buckley. É um belo acústico muito intimo e bonito, com excelente trabalho de violão. “The Boy With The Thorn In His Side” é um clássico da banda The Smiths que ganha uma versão completamente acústica nesse disco, e só não entra entre os destaques desse álbum porque já vai ser um destaque em The Queen Is Dead (1985), que resenharei no futuro. “Poor Boy Long Way From Home” é uma música de Folk bem tradicional originavelmente gravada por Bukka White, e é um dos trabalhos menos interessantes desse disco, exceto pelo instrumental afinado e poderoso. “Night Flight” é um clássico absoluto do Led Zeppelin no disco Physical Graffiti (1975), parecendo até outra música, com uma performance vocal ainda melhor. “I Know It’s Over” fecha o disco de forma emocional e tranquila nesse cover de The Smiths que é um delírio aos ouvidos. Geralmente eu não avalia compilações, mas essa tem um espaço especial no meu coração e eu não poderia deixa-la de lado. Altamente recomendado, e não deu pra NÃO fazer um faixa a faixa porque todas as músicas são incríveis.

Destaques: “Just Like a Woman”, “Grace” e “Calling You”.

Anúncios