Sinopse: Um grupo de adolescentes de um subúrbio americano tem um sonho em comum, envolvendo Freddy Krueger (Jackie Earle Haley). Ele é um assassino desfigurado, que sempre os persegue em seus sonhos. Enquanto eles estão acordados não há risco algum, mas quando adormecem é a chance que Krueger tem para dominá-los.

A Hora do Pesadelo - 2010

3

Características: Violento. Assustador. Polêmico. Distorcido. Diferente.

Este é um dos filmes de Horror mais injustiçados da história, apenas por mostrar uma versão diferente e com outro ator da clássica saga do Horror. As pessoas se esquecem que a franquia estava no fundo do poço quando este filme foi lançado, com um filme pior que o outro e com a Comédia dominando sobre o Horror. Aqui temos um Freddy Krueger sério e sombrio, com uma maquiagem completamente reformulada, novamente atormentando os espectadores com cenas de violência extrema e bastante mistério.

Essa renovação trouxe uma chuva de críticas negativas que são infundadas, por apelarem pra comparações baratas pra diminuir este filme. É lógico que ele não supera a trilogia original, mas ele tem suas próprias virtudes e é assustador de verdade, apesar de polêmico por colocar Krueger como um estuprador de crianças, o que não faz parte da estória original criada por Wes Craven. Este é o filme mais violento da saga e atinge ao público alvo (a nova geração de fãs do cinema) em cheio, não podendo ser comparado aos originais sem fazer uma injustiça.

O próprio Robert Englund, ator dos filmes originais, disse na época ter aprovado o reboot da série, o que é diferente de remake, é começar tudo do zero de novo, e o público recebeu o filme de forma empolgante e positiva, com o ódio pelo filme só aparecendo em pequenos núcleos exigentes que estão presos em 1984 e não sabem apreciar cinema de todas as formas. Se você gosta da série e não se importa com a troca de atores (não devia se importar), e gosta de filmes menos humorísticos, este filme é pra você.

Os efeitos especiais são excelentes, a violência é intensa, o filme é tenso, a direção de arte é ótima, a edição espetacular, a maquiagem muito bem feita e mais realista, se tratando das queimaduras de Freddy Krueger e o elenco jovem é vibrante e bom. Se você gostou de O Novo Pesadelo: O Retorno de Freddy Krueger (1994), certamente estará preparado para essa nova abordagem e ao fim do filme estará satisfeito. Apenas lembre-se que não é saudável ser excessivamente saudosista e esteja certo de que verá uma experiência diferente e que traz o Horror de volta a saga. Recomendado.

Melhor Cena: A morte de Kris.

Anúncios