Sinopse: Cisne Negro é um thriller psicológico ambientado no mundo do balé da Cidade de Nova York. Natalie Portman interpreta uma bailarina de destaque que se encontra presa a uma teia de intrigas e competição com uma nova rival interpretada por Mila Kunis. O filme faz uma viagem emocionante e às vezes aterrorizante à psique de uma jovem bailarina, cujo papel principal como a Rainha dos Cisnes acaba sendo uma peça fundamental para que ela se torne uma dançarina assustadoramente perfeita.

25a5729c7740048485b2e8de17c3c9cd_jpg_290x478_upscale_q90.jpg

5

Características: Insano. Dramático. Psicótico. Pesado. Confuso.

Natalie Portman brilha em um filme que a rendeu um Oscar de melhor atriz que mistura Drama e Thriller com destreza e conta uma estória tensa e cheia de desdobramentos do qual eu falarei sobre agora. Cisne Negro fala sobre uma dançarina de balé que vive em Nova York e que toma medidas drásticas e passa a ter um comportamento psicótico quando uma possível rival aparece em seu lugar de ensaios. A competitividade fala mais alto que o caráter e ela começa a fazer de tudo pra não perder o seu papel, enquanto gradativamente enlouquece e faz mal a si mesmo, e às outras pessoas ao seu redor.

Portman dispõe de uma atuação brilhante que junta a maestria que a direção de arte apresenta e a beleza da fotografia, fazem desse filme um Thriller com Mistério poderoso e impactante, mostrando os limites do comportamento humano e uma personalidade construída de forma estupenda por Portman em seu papel. A trilha sonora também é notável e tende a agradar todos os fãs de um belo orquestramento bem construído e que marca o espectador.

Concluindo, é um filme pesado que inclui tentativa de abuso sexual, psicopatia, drogas, sexo lésbico, loucura, ódio e muitos elementos que o tornam essencialmente não recomendado para menos de 16 anos, como diz a classificação indicativa, e mesmo o seu drama intenso não diminui a sua carga de peso e controvérsia, sendo um dos filmes mais aclamados de 2010, além de um dos de maior sucesso comercial, também, com tamanha trama complexa seria difícil passar despercebido. E esse final em? Acho que é um dos melhores finais de filme que eu já vi. É sombrio, confuso, dramático e inesquecível. Se você nunca assistiu está perdendo um filmaço e se já assistiu, por favor, deixa o seu comentário aqui em baixo do que achou ou na página do Facebook do blog, você é sempre bem vindo pra interagir comigo e mostrar a sua opinião.

Melhor Cena: Nina enlouquece e surta em sua casa, atacando até a própria mãe e imaginando ter quebrado as próprias pernas.

Anúncios