Não recomendado para menores de 18 anos.

Sinopse: Thomas Lewitt (Andrew Bryniarski) nasceu em um parto complicado, no chão de um abatedouro no Texas. Ele é salvo por Luda Mae Hewitt (Marietta Marich) e passa a ser criado também pelo xerife Hoyt (R. Lee Ermey), Montgomery (Terrence Evans) e Henrietta. Thomas tem uma vida violenta, repleta de abusos físicos e emocionais, o que o faz se tornar o assassino Leatherface ao crescer. Quando dois jovens a passeio com suas namoradas se perdem, ele se tornam suas primeiras vítimas.

21006915_2013051800092352.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

3

Gênero: Terror.
Dirigido por Jonathan Liebesman.
Protagonizado por Jordana Brewster, Taylor Handley e Diora Baird.

O filme mais violento da saga, O Massacre da Serra Elétrica – O Início mostra as origens de um dos serial killers mais emblemáticos e queridos do cinema mundial. A história mostra como o xerife psicopata se tornou xerife, como Leatherface se tornou Leatherface, e como a relação com a sua família evolui conforme as coisas vão mudando e a contagem de corpos vai aumentando.

Cenas grotescas existem de sobra na obra e ela passa a imagem de ser o mais suja e repugnante possível, com um Leatherface com esteroides e um perfeito balanço entre violência e desenvolvimento de personagens, coisa rara em filmes de Terror mais modestos em proposta. O sangue aqui é derramado aos borbotões e as cenas marcantes sobram, contanto que você considere assassinatos cenas marcantes em um filme de Terror.

Você pode assistir este filme sem ver a trilogia original, porque ele não tem conexão com os filmes e se esforça ao máximo para ser uma experiência única e desvinculada de seus semelhantes. As atuações são boas, dignas no mínimo, e a diversão é garantida para fãs de filme de Terror.

Só não seja aquela pessoa fresca, que tem nojinho e vira a cara quando alguém é brutalmente dilacerado pela serra elétrica porque é completamente lógico que este torture porn não é pra você, e muito menos pra crianças. Assista com responsabilidade e esteja psicologicamente preparado para presenciar um banho de sangue sem limites e que merecidamente recebeu a classificação indicativa de 18 anos, mas que fique claro, depois de O Massacre da Serra Elétrica Parte 2 (1986) O Massacre da Serra Elétrica 3D – A Lenda Continua (2013), este é o pior filme da saga, e o com personagens menos interessantes.

Melhor Cena: Leatherface atravessa uma mesa matando um cara com a namorada dele embaixo.
Anúncios