Não recomendável para menores de 16 anos.

Sinopse: Os amigos Nick O’Bannon (Bobby Campo), Hunt Wynorski (Nick Zano), Janet Cunningham (Haley Webb) e Lori Milligan (Shantel VanSanten) vão ao McKinley Speedway, uma corrida de carros. Um acidente faz com que um dos carros, que estava a 300 km/h, derrape na pista. Isto faz com que exploda na platéia, causando a morte de dezenas de pessoas. Entretanto antes que isto ocorresse Nick teve uma premonição, que fez com que ele e seus amigos deixassem o local. De início eles acreditam que escaparam da morte, mas logo ela parte em seu encalço.

19977348.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

1.5 estrelas

Gêneros: Terror. Thriller. Suspense.
Dirigido por David R. Ellis.
Protagonizado por Bobby Campo, Shantel VanSanten e Nick Zano.

De longe o pior filme de toda a saga, Premonição 4 é o único que pode-se ser considerado ruim de uma franquia que trouxe bons frutos e que conseguiu entreter os fãs por anos. Agora o acidente é nos locais mais absurdos que eles podiam imaginar: em uma corrida de carros e depois em um cinema, lugares onde não existe a possibilidade de múltiplas mortes causadas por um mero acidente. O exagero desagrada, e a única coisa que agrada no filme, ainda que em menor escala que nos filmes anteriores, são as elaboradas mortes, que aqui superam todos os níveis da bizarrice.

O longa dificilmente agradará os fãs de longa data da franquia e é de forma geral uma decepção nada sadia e que mais me encheu o meu saco do que me divertir. O bom humor presente nos outros filmes também é um elemento em falta nesta quarta parte da franquia, que com pouco alívio cômico tenta cativar, esquecendo-se que possui todo um roteiro a ser melhor explicado e aproveitado, de forma que o filme chega ao ponto de impressionar negativamente, por mostrar o fundo do poço da produção da franquia e a sua redenção no filme seguinte, que desagradou a crítica mas foi muito bem recebido pelos fãs.

Eu gosto de certos momentos desse filme, mas grande parte dele é composto por baboseiras estúpidas, graças a um elenco sem carisma e uma aproximação pouco ortodoxa junto ao espectador, não deixando claro qual é o objetivo do filme e inventando mais um criativo, porém estúpido, jeito de prever acidentes, que funciona em teoria, mas decepciona na prática, com um tom muito fantasioso, que me desagrada profundamente. Assista por sua conta e risco, esteja atento a classificação indicativa e diga o que achou do filme nos comentários, curta, compartilhe e siga o blog porque este é o meu alimento pra continuar escrevendo pra vocês.

Melhor Cena: Picadinho de mecânico.
Anúncios