Não recomendado para menores de 14 anos.

Depois de derrotar Owen Shaw e seu grupo, Dominic Toretto, Brian O’Conner e o resto da equipe podem finalmente retornar para os EUA e viver uma vida pacífica. No entanto, Deckard Shaw, o irmão mais velho de Owen, está determinado a vingar a morte de seu irmão.

furious-7-poster.jpg

4-5-estrelas

Gêneros: Ação, Thriller e Drama.
Dirigido por James Wan.
Protagonizado por Paul Walker, Vin Diesel, Dwayne Johnson e Jason Statham.

O sétimo, e infelizmente não último, filme da franquia foi lançado em tom de comoção porque Paul Walker não sobreviveu para ver o filme ser lançado. Ele é de longe a melhor entrada da série e cativa com as performances do trio de protagonistas, e ainda temos o excelente Jason Statham no papel do vilão Deckard Shaw, irmão do Owen Shaw (Luke Evans), que ficou incapacitado em Londres, onde se passa o filme anterior. Deckard é um dos vilões mais carismáticos da história do cinema, marcando presença com responsa em um filme empolgante e emocionante.

A morte de Walker fez com que eles deem um fim ao personagem Brian O’Connor (Paul Walker), mas o personagem não morre não, digamos apenas que ele tem um fim digníssimo e inteligente, que causa emoção e é pesado em drama. Agora com o incrível diretor James Wan por traz das câmeras, a obra prima toma proporções nunca imaginadas e o torna um dos melhores filmes de Ação da história. Com lutas bem coreografadas e perseguições contagiantes, o longa é Ação até o talo e exibe expertise em adrenalina e emoções polarizadoras.

Aqui, Brian largou a vida do crime e tornou-se um cara de família, mas logo ele tem que voltar atrás em seu juramento, ao sofrer um atentado terrorista em sua casa, vindo do irmão de Shaw. Isso reacende a faísca da vingança e o faz, pela última vez, lutar contra o mal ao lado de sua equipe, após as locações em Londres no filme anterior, agora o filme está de volta aos Estados Unidos e agora Dom (Vin Diesel) viaja pra Tokyo em busca de Han, só para descobrir através de Sean (Lucas Black), o protagonista no terceiro filme, uma adição bacana ao filme.

No melhor filme da série, tudo empolga e cativa, e a experiência é de fato inesquecível, fazendo com que o filme mereça o seu faturamento de 1 bilhão e meio de dólares. Vin Diesel de fato, já mostra idade, e aparenta menos apto para cenas de Ação que nos filmes anteriores, mas ainda da pro gasto e não decepciona, assim como todo o restante do núcleo de já conhecidos atores.

Resumindo tudo, é uma obra prima incomparável se tratando de filmes de Ação e que vai te empolgar e marcar a cada momento, sendo cinema essencial para todos que assistiram a partir do quarto filme por ter referências e conexão com a história. É triste saber que não veremos mais Brian O’Connor na série, mas vida que segue, né? Altamente recomendado.

Se você gostou dessa postagem, curta, compartilhe, comente e se inscreva no blog pra ter a comodidade de receber novas postagens em seu e-mail.

Melhor Cena: Os saltos de um prédio para o outro.
Anúncios