Sinopse: John Tucker (Jesse Metcalfe) é um jovem sedutor, que é também capitão do time de basquete da escola. John está saindo simultaneamente com três garotas: a aspirante a jornalista Carrie Schaefer (Arielle Kebbel), a líder de torcida Heather (Ashanti) e a ativista vegetariana Beth (Sophia Bush). Quando elas descobrem que dividem o mesmo homem decidem se unir para dar a John uma lição que ele jamais esquecerá. Porém todas as armadilhas que elaboram acabam fazendo com que John se torne ainda mais popular.
a7d8f81c7f9ebdf227baf74d80597e9b_jpg_290x478_upscale_q90
Título Original: John Tucker Must Die
Classificação Indicativa: 14 anos
Gênero: Comédia e Romance
Direção: Betty Thomas
Protagonistas: Meghan Ory, Sophia Bush, Brittany Snow e Jesse Metcalfe
19975395.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx
John Tucker (Jesse Metcaffe) é um mulherengo de primeira, e quando três garotas percebem que ele está namorando as três ao mesmo tempo elas planejam uma vingança por sugestão de uma menina pouco popular, que acaba se tornando a mais popular da escola após se transformar no novo objeto de desejo de John Tucker. O problema é que especialmente dela ele gosta de verdade, e a história se transforma de uma comédia pastelão em um romance fofinho e com pouco sal. Paralelamente o irmão de John Tucker se apaixona por Kate (Brittany Snow) ao mesmo tempo, e fica triste pelas mudanças que o plano causam nela. No que tudo isso vai dar você vai ter que assistir pra ver.
É um filme legal. Não impressiona em nenhum aspecto mas agrada consideravelmente em todos, e mostra uma história divertidinha e cativante de Romance e vingança. O filme tem seus altos e baixos, mas em sua maior parte é capaz de agradar e ser interessante até certo ponto. Não é um blockbuster mas também não é um filme B, tem um orçamento razoável e suficiente pra contar a sua trama, e até diverte em certos momentos com os mirabolantes planos de vingança das três traídas. A obra lida bem com assuntos como traição, humor do tipo besteirol, sexo e superficialidade, e se mostra capaz de entreter durante toda a sua duração, apesar da qualidade limitada, e irá satisfazer os gostos de um público menos exigente. Eu gostei, e você?
A parte técnica não agrada, e a fotografia é fraca, a direção de arte pouco interessante e a edição bem fraquinha, mas os aspectos técnicos limitados não prejudicam a experiência.
Se gostou desse review comente, compartilhe e se inscreva pra receber todas as novas postagens direto no seu e-mail. Abraços cordiais.
Anúncios