21010048_20130603234956231.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx
Título Original: Catch Me If You Can
Classificação Indicativa: 12 anos
Gêneros: Comédia, Drama e Suspense
Direção: Steven Spielberg
Protagonistas: Leonardo DiCaprio, Tom Hanks e Christopher Walken
19897137.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx
Baseado em uma história real, este é o filme em que Leonardo DiCaprio mostra o camaleão que é quando se trata de interpretações metódicas. Ele interpreta Frank Abagnale Jr., um vigarista de primeira linha que da golpes ao redor de toda a América se passando por diversas pessoas em sua trajetória turbulenta e visceral, brincando de gato e rato com Carl Hanratty (Tom Hanks). Pupilo de seu pai mentiroso, Frank Abagnale (Christopher Walken), ele vai de golpe após golpe usando as táticas de seu velho e surpreende quando é desmascarado.
Este não é um dos melhores papéis da carreira de Leonardo DiCaprio, mas é um dos melhores filmes em que ele já trabalhou, com uma direção esplendida de Steven Spielberg, uma intrigante e misteriosa trilha sonora, uma excepcional fotografia e direção de arte digna de Academy Awards. Todo o elenco é excelente e passam verdade em suas interpretações, inclusive da parte da gata Amy Adams, que aqui está em topo de forma e cativa com seu interessante personagem. A mãe de Abagnale Jr., Paula Abagnale, interpretada pela excelentíssima Nathalie Baye, é uma puta. Convenhamos. Cada dia ela trai o marido com um homem diferente, o que afeta diretamente na índole de Frank Abagnale Jr., que não vê um melhor rumo para a sua vida do que o crime.
Acompanhando o divórcio de seus pais ele entra em desespero, e resolve partir pra vida, e é aí quando o filme engrena e começa a empolgar com sua cativante história. Ele é diferente de tudo o que já foi feito no cinema e promete agradar a todos os públicos. Graças a censura baixa esta obra de arte pode ser vista em família, e para mim, que vi pela segunda vez com minha vó e dublado (ela não enxerga legendas), posso dizer que a dublagem não decepciona e se essa for a sua preferência, vá em frente, não estará perdendo nada das emoções passadas pelo filme, pois elas também são passadas pelo excelente time de dubladores. Concluindo, algumas pessoas acham o filme maçante, talvez por ele não ser muito movimentado, mas eu discordo e defendo ele ferozmente como uma das melhores peças cinematográficas dos anos 2000.

Gostou desse review? Ajude o blog comentando, compartilhando com seus amigos e se inscrevendo pra receber todas as atualizações no seu e-mail em tempo real. Aquele abraço e até a próxima.

Anúncios