8371a31a70362c0c6562511f6d336e8c_1

3

Com humor afiado e violência extrema, Banquete no Inferno ou Feast vende seu peixe bem, mas podia ser melhor. O filme conta a estória de um grupo divertidamente apresentado que é atacado por monstros de aparência alienígena com dentes grandes e garras afiadas, prontos pra mutilar quem vier pela frente, e porque não, se alimentar dos corpos. Cada um tem uma descrição de chances de sobrevivência, fato divertido, entre outros aspectos. A falha grave do filme é uma falha que venho citando muito aqui: a falta de um roteiro. É um filme sem cérebro, que só serve pra se divertir e não tem pretensões maiores e não almeja em momento algum ser um filme memorável, mesmo contando com a produção de figurinhas carimbadas de outros gêneros, como Matt Damon e Ben Affleck, e até mesmo o mestre do Horror Wes Craven. O filme não foi bem recebido nem pela crítica, nem pelo público, mas eu até estou sendo bonzinho com ele de não dar uma nota dois. Acho que é porque carnificina me agrada e isso o filme tem de sobra, mesmo incomodamente exagerando no sangue falso e humor negro. Obviamente é um filme que ficou defasado rápido graças a sua qualidade relativamente baixa, mesmo com duas sequências que seguem a mesma linha e não concertam os erros aqui cometidos. No final, é só mais um filme que não se destaca no mercado por não trazer nada de novo, nem renovar elementos clássicos de filmes que deram certo seguindo a mesma proposta. Da pra assistir de boa, mas não vai te prender por muito tempo. Então é isso rapaziada, aquele abraço e até a próxima.

Anúncios