the-wave_t191769

7

Recriando na atualidade algo que aconteceu em 1905 e matou dezenas de pessoas, Bolgen mostra um grupo de cientistas que monitora os movimentos de uma montanha que está à beira de um colapso. Quando a montanha começa a se contrair eles pensam que é um movimento normal na montanha, até o protagonista descobrir que a onda gigante que atingiu a cidade em 1905 foi causada por uma contração, e não uma expansão. Com isso cria-se uma montanha de 80 metros que promete varrer o local da face da Terra e começa uma corrida contra o tempo pra chegar a uma colina e salvar sua filha e todos os cidadãos do lugar. Mas a natureza é implacável, e não vai deixar barato os minutos de negligência e a falta de conhecimento dos cientistas.

É um filme forte, com muita ação e momento alucinantes, e a luta pela sobrevivência é tocante, uma vez que pouco pode-se salvar. O filme causa uma certa estranheza, uma vez que ele é focado nos acontecimentos após a onda, e não durante a onda em si. A trama começa depois que a onda passa, e é quando o roteiro engrossa e se torna mais interessante. Bolgen é muito bom, isso é inquestionável. Mas os estranhos caminhos pelo qual sua história percorre podem deixar o espectador no aguardo de um filme mais simplista confuso.

Mesmo assim, o trabalho da equipe de efeitos especiais de Bolgen é louvável, todas as atuações são boas e o filme cativa pela desgraça alheia e pela forma com que com o tempo passamos a nos importar com os personagens. É um filme formidável sobre sobrevivência e é uma pena que ele não tenha a fama merecida, pois com o amontoado de Blockbusters muitas vezes inúteis, falta espaço pra filmes alternativos alcançarem o estrelato, mas eu já fico feliz de ter assistido esta obra, e se vocês também assistirem, o meu dever está cumprido.

Anúncios