mv5bnzq2mzi5mdy2of5bml5banbnxkftztgwnde2mdy1ote-_v1_sy1000_cr00155_ygphard

stars-5

Sinopse

Kevin (James McAvoy) possui 23 personalidades distintas e consegue alterná-las quimicamente em seu organismo apenas com a força do pensamento. Um dia, ele sequestra três adolescentes que encontra em um estacionamento. Vivendo em cativeiro, elas passam a conhecer as diferentes facetas de Kevin e precisam encontrar algum meio de escapar.

Crítica

Mind = Blown. Pra assistir esse filme é essencial que você também tenha assistido Corpo Fechado primeiro, ou as coisas podem ficar bem confusas. Fragmentado é o melhor filme de M. Night Shyamalan desde O Sexto Sentido, e também um dos três com reviravoltas mais surpreendentes. James McAvoy merece um Oscar de melhor ator por sua interpretação de um maniaco de múltiplas personalidades que caça três mulheres e as sequestra enquanto tem sessões com uma psiquiatra diariamente que é a única pessoa que o entende. Cada personalidade das 23 tem um temperamento e uma intelectualidade distinta, assim como um visual que no detalhe, faz a diferença. Comparada à atuação de McAvoy nos filmes da saga X-Men, vemos um ator mais maduro, seguro, dramático e habilidoso em uma interpretação que vai entrar pra história do cinema como uma das mais complexas e fiéis à um transtorno de personalidade já feitas. É cinema essencial para toda a família e é realmente soturno e assustador, na medida certa, sem exageros, dando um gás para o gênero Horror em um dos melhores anos pro cinema da história. Se você é estudante de psicologia, psiquiatria ou neurociência, este filme é especialmente indicado, por tratar de um tema recorrente mas que vive debaixo da terra graças à uma mídia negligente que quer acusar todo mundo que tem problemas de louco. Como diversão, também é um filme muito recomendado, afinal, ele é tecnicamente perfeito, com os figurinos botando pra foder, uma admirável fotografia, direção de arte impecável, que passa uma sensação de claustrofobia intensa, e uma edição severa, que consegue mostrar com dinamismo toda a insanidade de Kevin, o personagem de McAvoy. M. Night Shyamalan estava em dívida com as pessoas depois de um filme bom e uma sequência de filmes decepcionantes, tendo atingido o topo apenas uma vez até ano passado, com O Sexto Sentido, e milagrosamente, o atingindo novamente esse ano com Fragmentado. Parabéns Shyamalan.

Anúncios