the-invitation_dinner

stars-4

Sinopse

Uma tragédia abala o casal formado por Will e Eden. Eles perdem o filho pequeno e, desolada, Eden vai embora sem dar notícias. Dois anos mais tarde, ela volta a procurar o marido, acompanhada de outro homem, e totalmente diferente de como era antes. Durante um jantar, com Will, Eden e o novo companheiro de sua esposa, Will começa a suspeitar que os visitantes têm planos sinistros contra ele.

Crítica

Primeiro post do TK Revival, confesso que estou um pouco nervoso, mas vamos adiante. Esse filme me pegou de surpresa. Um grupo enorme de pessoas é convidado a um jantar por Will e Eden, sendo ela ex-mulher de uma das pessoas convidadas. Tudo vai bem, até que o protagonista descobre que os ali presentes sem saber estão participando de um culto suicida, que da totalmente errado e leva a um banho de sangue. A ideologia dos vilões é doentia e apesar do longa ser lento, ele tem toneladas de suspense e tensão, graças à narrativa intimista porém desconcertante que a obra adota. Ele é muito desconfortável de assistir e é progressivamente perturbador, começando pelo momento em que eles mostram uma pessoa morrer com o discurso de negar a dor e se libertar. De umas doze pessoas sobra três pra contar história, com um ferido, e as mortes são brutais, explicando a censura máxima que o filme recebeu. É essencial que haja paciência com o filme, pois ele não vai direto ao ponto e mostra uma longa e demasiadamente bizarra confraternização, mas o clima mórbido impera uma vez que o vídeo é mostrado e todos, menos o casal e um homem, se mostram esperançosos com a ideologia apresentada no perturbador vídeo. O elenco dispõe de grandes atuações e apesar de desconhecido, consegue manter o pique neste Suspense literalmente matador, que apresenta uma sombria direção de arte, com uma locação luxuosa e robusta, boa fotografia, que é bem morna e realista, efeitos bem realizados, que apesar de pouco usados não mostram uso de computação gráfica e muita violência, que apesar de não apelar pras vísceras, é impactante e deixa óbvio que tem gente ali que tem probleminha. Se não bastasse toda a pegada doentia do filme ele ainda se passa em uma fria e silenciosa noite e não faz uso de trilha sonora pra nos deixar mais despreparados para eventuais sustos e construção de tensão. Resumindo tudo o que eu disse, é um filme bom pra caralho, que requer paciência, mas premia aqueles que esperam com um final estarrecedor.

Anúncios